domingo, 13 de julho de 2008

2 Dias em Paris


Quem assistiu aos excelentes "Antes do Amanhecer" e "Antes do Pôr-do-Sol", do diretor Richard Linklater, não deve estranhar muito este "Dois Dias em Paris", que marca a estréia da atriz Julie Delpy na direção.

Nos três filmes, que por sinal tiveram a participação direta de Delpy no roteiro, a idéia é a de mostrar um relacionamento entre um homem e uma mulher, onde a paisagem, mesmo que maravilhosa, não inspira e não impede que os dois expressem o tempo inteiro suas idéias, sem muito espaço para contemplações.

Só que se nos dois filmes de Linklater os diálogos são mais contidos, mostrando o casal interpretado por Julie Delpy e Ethan Hawke ainda naquela fase em que se busca mostrar ao outro apenas os nossos pontos positivos, reservando as neuras para quando a intimidade já estiver instalada.

Já em "2 Dias em Paris", o casal passou desta fase, vivendo em Nova York juntos há dois anos, a fotógrafa francesa Marion (Delpy) e o decorador americano Jack (Adam Goldberg) vão a Europa atrás de um pouco de romance, mas acabam tendo problemas e já no final da viagem, decidem passar dois dias em Paris, visitando a família.

O problema é que o passeio se mostra demasiado revelador, enquanto Jack começa a descobrir detalhes sobre a vida de Marion que até então desconhecia, o stress da viagem traz à tona defeitos que até então estavam muito bem escondidos.

Os diálogos, bem construidos, evidenciam ainda mais as diferenças e mostram uma visão ácida tanto do lado francês, quanto do americano; numa história onde ninguém tem razão, tudo está em desequilíbrio.

Piadinhas engraçadas aqui e ali completam a dose e tornam "2 Dias em Paris" ainda mais interessante e beirando o politicamente incorreto.

Posts Relacionados por Marcador



Um comentário:

  1. É um bom filme. Com diálogos inteligentes e plenos de humor!

    Cumps.
    Roberto Simões
    » CINEROAD – A Estrada do Cinema «

    ResponderExcluir

Críticas e comentários são sempre bem vindos.